CAIXA E CORREIOS JOGAM A TOALHA E SINALIZAM…

27 de julho de 2014

Se a CAIXA e os CORREIOS são sinalizadores da confiança do atual governo no país, estamos muito próximos do fim. O pais, na cabecinha dos irresponsáveis que nos comandam, vai acabar.

Quais os principais planos das duas instituições a partir de agora e depois da Copa. CORREIOS, “VAI PARA HONG KONG e MIAMI”. Isso mesmo, e em matéria do ESTADÃO, e segundo o chefe do Departamento Internacional da instituição, “O grosso de nosso tráfego advém do comércio eletrônico e por essa razão, já que as demais atividades minguam, o negócio é ir para fora. O armazém em HONG KONG terá duas finalidades, servirá de ponto de apoio para as vendas de produtos brasileiros no exterior. Será possível estocar lá os produtos ofertados no mercado chinês, o que tornará mais curto o prazo de entrega ao consumidor”. Como assim, Brasil exportando produtos acabados para a CHINA? Não, como explica o chefe de departamento, “esse lado exportador, porém, ainda não existe. Precisa ser estimulado”. Ah! Bom. Sobre MIAMI todos sabem exatamente o que os CORREIOS vão fazer por lá… estimular e facilitar ainda mais a compra de produtos por brasileiros nos Estados Unidos: “O armazém em MIAMI funcionará como um endereço americano para ser usado por brasileiros”.

Já a CAIXA acaba de criar o PENHOR EXPRESS. Preparando-se para a derrocada da NOVA CLASSE C, ou dos EMERGENTES, ou, dos DECADENTES, com a utilização de tecnologia e máquinas, a instituição prepara-se para duplicar a oferta de serviços. Ou seja, a previsão é de uma derrocada total, quase bancarrota.

Isso posto, não precisamos mais das agências de ratings, nem das áreas técnicas dos bancos, para nos dizerem o quanto voltamos para trás. As próprias instituições do governo se encarregam disso, pelas mais que emblemáticas e reveladoras iniciativas que estão adotando.

CONDOMÍNIO E DEMOCRACIA DIRETA

27 de julho de 2014

A partir de 2015, e com a transição de poder em nosso país, mais que na hora de uma radical reforma política, e busca de um modelo que seja, de verdade, representativo. Nada a ver com essa tentativa covarde, criminosa e bolivariana de DILMA de se apropriar do tema e tentar impor, goela abaixo dos brasileiros, os inomináveis e repugnantes “conselhos populares”. Todos de olho e mais que atentos porque DILMA e a caterva do PT ainda não desistiu.

Uma DEMOCRACIA DIRETA que se esboça e nasça com a manifestação de todos, levando-se em consideração todas as experiências que neste momento acontecem em outros países, e prevendo uma implantação por etapas, como exige uma país de nossas dimensões. Nada de afogadilho e irresponsável. Tudo mais que discutido e implantação gradual. Importante ingressarmos na próxima década como um novo, moderno, verdadeiro e consistente modelo de representação democrática.

Tudo isso, como sempre, e como é da essência da democracia, dependerá total e exclusivamente de nós. De nossa vontade, decisão e, acima de tudo, participação. Durante a discussão das mudanças, e, principalmente, a partir de sua implantação.

Essa preocupação me veio a cabeça pela pesquisa que leio agora no ESTADÃO e realizada pela LELLO, a maior administradora de imóveis da cidade de São Paulo. Uma cidade que caminha, cada vez mais, para morar em condomínios. Onde, de certa forma, se começa a praticar alguns dos conceitos elementares de democracia. E o que revela a pesquisa? O que você que está lendo está careca de saber, até mesmo porque seu comportamento não deve ser diferente da maioria. “60% dos moradores dos prédios residenciais na cidade de São Paulo ignoram as reuniões de condomínios”. E, a única reunião de condomínio que consegue a 80% da participação dos condôminos é aquela “onde se procede o sorteio das vagas de garagem”.

A NOVA DEMOCRACIA, mais que representativa e direta, será tão ou mais e verdadeiramente representativa quanto for a participação de todos os cidadãos. Assim, e em sua concepção, o fator atratibilidade, encantamento, importância, não apenas no conteúdo mas na forma é essencial garantindo acessibilidade plena e a todos. Mas, e através de uma outra e radical reforma, a da EDUCAÇÃO, precisamos garantir que as brizas de cidadania, que mexem e emocionam a todos nós, brasileiros, neste momento histórico, sejam aproveitadas, desenvolvidas, e  induzam e catalizem uma nova cultura/comportamento de todos; e, para sempre .

GOVERNO “CABRA CEGA”

27 de julho de 2014

E ai o ESTADÃO perguntou a FHC qual o legado, qual a marca que deixa o governo DILMA: “O governo DILMA vai ser lembrado como uma espécie de CABRA CEGA. O mundo teve a crise e fizeram uma tentativa de crescimento pela expansão do crédito, pelo consumo e pela ingerência do Estado – como uma volta aos anos 60 e 70. Nada disso está funcionando…”.

GOVERNO “CABRA CEGA?” Vamos aos pais do burros dos tempos modernos, mais conhecido como o mega ultra sabichão e Dr. GOOGLE, mais as informações construídas colaborativamente na maior enciclopédia de todos os tempos, WIKIPEDIA:

“ CABRA-CEGA é um jogo recreativo, mais conhecido como cobra-cega, criado por uma criança de Israel em que um dos participantes, de olhos vendados, procurar adivinhar e agarrar os outros. O jogo começa com os jogadores fazendo uma roda à volta da CABRA-CEGA que está de joelhos – será que DILMA permanece de joelhos? – e, claro, de olhos tapados – será que DILMA está de olhos tapados ou não enxerga, mesmo? – e começam a falar, CABRA-CEGA, DONDE VENS? VENHO DA SERRA. O QUE TRAZES? TRAGO BOLINHOS DE ATUM. DÁ- ME UM ! NÃO DOU…”

Em seguida os participantes começam a dizer, “gulosa, gulosa, gulosa” e a CABRA-CEGA tem que apanhar algum deles. Se conseguir, essa pessoa passa a ser CABRA-CEGA. Pelo jeito e até hoje e para sempre DILMA não conseguirá apanhar ninguém. Embora tenha a seu lado alguns mocorongos, araruamas, arigós, babaquaras e bruaqueiros tipo MANTEGA, FRANKLIN MARTINS, MARCO AURÉLIO GARCIA, MERCADANTE, GLEISI HOFFMANN, não necessariamente pela ordem de desimportância e mediocridade . Mas, e mesmo assim, não consegue.

Num determinado momento, se a CABRA-CEGA sair do local deve ser imediatamente avisada pelos participantes, “CABRA-CEGA o que perdeste? Fina ou Grossa? Fina ou Grossa? Então anda achá-la”. Os participantes, nós, cidadãos, contribuintes, há quatro anos procuramos avisar a CABRA-CEGA que está a deriva desde o início de seu governo.Resultados, ZERO!

É isso, FHC absolutamente certo. Somos desgovernados por uma CABRA-CEGA. E, como se não bastasse, com dezenas de mocorongos ao seu lado.

ATRÁS DAS GRADES

26 de julho de 2014

Na edição Brasil de FORBES – julho 2014 nas bancas – uma espécie de ranking dos poderosos que foram parar atrás das grades, ainda que por pequenos períodos. No ranking, além de celebridades como MARTHA STEWART, JOHN MCAFEE, ALFRED TAUBMAN e  ANDREW FASTOW, dois empresários brasileiros. JAYME OLIVEIRA DO AMOR, e CONSTANTINO OLIVEIRA. JAYME cumpre pena de prisão domiciliar em Muquém do São Francisco, Bahia. Acusado de formação de quadrilha que teria matado um membro da comunidade Quilombola Boa Vista do Pixaim. Já CONSTANTINO DE OLIVEIRA, fundador da GOL, cumpriu pena de prisão domiciliar entre março e agosto de 2012, beneficiando-se do fato de ter na época 81 anos. As acusações contra CONSTANTINO prosseguem. De ter mandado matar 8 pessoas, onde se incluem dois de seus genros e um líder comunitário. Raridade no Brasil, milionários e pessoas de posse serem presas no exterior faz parte da rotina e da paisagem.

SANTANDER NÃO SABE ESCREVER

26 de julho de 2014

1 – A área técnica do SANTANDER cumpriu sua obrigação.

Analisou a conjuntura, diferentes fatores, quadro político, e concluiu, como todas as demais pessoas estão, mais que concluindo constatando, que o desempenho medíocre e pífio da economia brasileira, pela gestão incompetente de DILMA e seus principais e patéticos colaboradores, reflete-se nas pesquisas onde a cada nova rodada cresce o contigente de eleitores que clama por transição de poder, pela saída do PT do comando. ABSOLUTA E CRISTALINA VERDADE;

 2 – Escreveram, no entanto, e para ir direto no popular, que nem o nariz deles, e assim passou a sensação para algumas pessoas, de uma certa torcida do SANTANDER pela vitória de EDUARDO ou AÉCIO. Ou seja, era suficiente e é suficiente daqui para frente colocar para redigir análises técnicas quem saiba escrever, e não e apenas quem domina os números;

3 – Para piorar a lambança, acaba de emitir um PEDIDO DE DESCULPAS. Não de não saber escrever, mas, de, pura, simples e tecnicamente, ter dito a verdade. E ai vem com um amontoado de nadas e coisas algumas tipo, “O texto enviado a um segmento de clientes que representa apenas 0,19% da base não reflete, de forma alguma, o posicionamento da instituição que proíbe qualquer viés político ou partidário”. Como assim, SANTANDER, então quem escreveu em nome do banco tem um viés político ou partidário? SANTANDER, ao menos vocês leram com atenção o informe que mandaram para essa pequena parcela de clientes?

Que papelão, SANTANDER! Tudo o que vocês tinham que fazer era uma nota afirmativa, defender a qualidade do conteúdo das informações de sua área técnica, e limitarem-se a se desculpar por não saberem escrever. Apenas isso.

Que sirva de exemplo para os demais bancos que colocam gênios dos números e das análises em suas áreas técnicas absolutamente incapazes de escrever um único parágrafo minimamente compreensível. Nesse sentido, parecem-se muito com DILMA ROUSSEFF. Será que é para homenagear a presidente?

ESCLARECIDO, O CULPADO DA CAFONALHA É DUNGA

25 de julho de 2014

Falando a SONIA RACY, hoje, ESTADÃO,  GABRIELA VERRI, estilista, e filha do técnico da seleção, DUNGA, urra aos quatro cantos, EU NÃO TENHO NADA A VER COM ISSO! “Não opino nem nunca opinei sobre o estilo de meu pai. Sou estilista de roupa feminina e não consultora de moda masculina. Ele tem o estilo e a personalidade dele, que são marcantes”.

Corre no mercado a notícia que o verdadeiro estilista de DUNGA era o cantor FALCÃO.

NA PRESSA, CHEGAMOS ANTES

20 de julho de 2014

Houve um tempo, décadas atrás, que as pessoas nasciam naturalmente. Na maioria das situações, pelas mãos de uma parteira, nas casas, e sobre a proteção de orações para que nada saísse do normal caso contrário… Não haveria como socorrer.

Hoje as pessoas nascem com data marcada. Claro que, e mesmo não natural, e por tudo o que se evoluiu, as taxas de mortalidade infantil caíram substancialmente. Mas, e mesmo assim, casais abusam e expõe seus filhos a riscos que jamais deveriam assumir. Mesmo porque, tem um dia que as coisas não dão certo, o risco converte-se em realidade, e como diz a música, uma vida inteira para se recriminar e arrepender. Muitas vezes ao lado de uma criança com limitações. Definitivas.

Claro que outros fatores induziram a partos com dia e hora marcados. O principal deles, a viabilidade econômica. Se todos os partos ocorressem naturalmente, e o ritmo da vida fosse respeitado, médicos e equipes ao invés de 3 ou 4 partos num mesmo dia ficariam restritos a 1 ou 2 por semana. E passaria a ser recorrente a falta de vagas em maternidades. Só que, de uma necessidade decorrente das carências, possibilidades e limitações dos tempos modernos, passou-se a agregar outros fatores que em hipótese alguma deveriam agendar nascimentos.

Em matéria recente da FOLHA, onde se constata que 82% dos partos nas redes privadas são cesarianas, a surpresa e absurdo de saber que os fatores que mais determinam as datas dos nascimentos, hoje, são a numerologia, horóscopo, datas cabalísticas e coincidentes. Ou seja, a superstição assume o comando do processo. Definitivamente, estamos diante de um absurdo.

34% das mulheres fazem o parto antes de ter os sinais correspondentes. A maior parte atribui essa decisão a vontade incontrolável de escolher o signo do filho. É o que revela o estudo NASCER NO BRASIL da FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ. Lembram os médicos que todos os que agendam a cesárea desconhecem, com a necessária exatidão, a idade gestacional do bebê. E, como tal, a criança pode nascer prematura.

Na matéria assinada por GIOVANNA BALOGH a FOLHA foi ouvir algumas mães que forçaram a barra e se arrependeram. “Quando constatei que seria leonino mudei de ideia na hora porque acho leão um signo muito dominador e egoísta”, e, ou, “agendamos o parto do segundo filho para o mesmo dia do primeiro; era o seu presente de aniversário”, e, ou, “queria que meu filho fosse do signo de câncer e tivesse as mesmas características e inteligência do filho mais velho”.

Em todos esses exemplos muitos problemas se revelaram nos primeiros anos de vida da criança. E, como disse uma das mães apressadas, “a saúde de nosso filho ficou fragilizada até os 6 anos  por causa da prematuridade. Se fosse hoje esperava o parto normal ou algum sinal de que estava pronto para nascer”.

De resto, o que é mais importante, para os que acreditam e deixam se guiar por datas e efemérides, a data da concepção, ou, a data do parto? E o respeito à criança, e o amor do casal, que proporção e peso têm na decisão?

A MAIOR DAS CRÍTICAS

20 de julho de 2014

Em seu comentário desta semana, última página de VEJA, ROBERTO POMPEU DE TOLEDO, logo na abertura, registra contundente e mais que procedente crítica à publicidade que se faz hoje no Brasil: “Um anúncio da safra da copa…Anúncio de quê, mesmo? Houve tempo em que os anúncios iam direto ao ponto – BEBA COCA-COLA. Hoje a criatividade sufoca as marcas”.

OS VENTOS DA “MUDANÇA”

20 de julho de 2014

GILMAR RINALDI era um goleiro médio. Usava uma grande pulseira de prata no pulso e outra no pescoço. Saiu-se melhor como empresário de jogadores do que como goleiro profissional. Empresariar jogadores significa ter interesses. Mesmo que, e como alegou, tenha encerrado suas atividades nesse território. As promessas, independente da ênfase, não convencem. As amizades não se desfazem, as tentações rondam, mais cedo ou mais tarde cairá em alguma. Portanto, jamais deveria ser escolhido para comandar a SELEÇÃO, e, se verdadeiramente pede crédito e respeito, faria infinitamente melhor se não tivesse aceitado o convite. Para piorar, e segundo a imprensa, deve ressuscitar DUNGA. Sem a elegância e sensibilidade de SCOTT FITZGERALD, sem o fascínio de GATSBY, o que vemos no Brasil de hoje, de LULAS, DILMA, PT, HADDAD, PODRES E MADUROS, BOLIVARIANISMO e, quem sabe DUNGAS, é que em tempos de renovação e mudança, insistimos em prosseguir, “barcos contra a corrente, arrastados incessantemente para o passado”. O trem está em ré, desnecessariamente, mesmo porque o declive já é acentuado. Mas os incompetentes e burocratas não se cansam de dar uma forcinha. Se querem se matar, respeitamos; mas nos levar juntos, jamais.

VENDENDO A PÁTRIA MÃE

20 de julho de 2014

Primeiro importaram os médicos e a ideologia; depois usaram o dinheiro do povo brasileiro e que se encontra depositado em mãos hoje não confiáveis – BNDES – para financiar a construção de portos em Cuba quando os nossos caem aos pedaços. Depois fizeram um cambalacho esperto onde só um dos lados se ferra e o outro só goza para protagonizar um dos maiores escândalos da história do Brasil, e que é a “joint-fake” VENEZUELA/BRASIL, na refinaria Abreu e Lima. Enquanto isso, o nove dedos usava as instalações públicas do país e do povo brasileiro para todos os tipos de práticas sexuais com sua namorada, pagando os serviços com facilidades para os amigos dela – essa história ainda não acabou, revelações estarrecedoras chegarão à imprensa nas próximas semanas. E agora, não contentes com esse desrespeito e pouca vergonha, cedem uma das residências oficiais do país, a GRANJA DO TORTO, para que CUBA e VENEZUELA se confraternizem em solo brasileiro. Primeiro a ex-primeira dama plantou uma estrela do PT nos jardins do palácio. Agora DILMA cede, independente da indignação dos cidadãos brasileiros, território pátrio para as falcatruas bolivarianas/comunistas. E o Ministério Público, vai assistir impassível mais essa infâmia? E a oposição, vai se conformar dando de ombros e dizendo que “infelizmente é assim mesmo”? E você, cidadão, vai continuar dando o sangue e suor de seus dias para patrocinar farras em Brasília entre um podre e outro maduro? Vai permitir que DILMA ofereça o nosso território aos pilantras vizinhos?